3 Princípios básicos da pedagogia montessoriana

montessori-tanzania
Método Montessori na Tanzânia

Montessori é para todos! No mundo inteiro há instituições com o método.

A pedagogia montessoriana é apoiada por várias colunas. Uma está interligada com a outra, formando um todo. Porém a fins didáticos podemos separar as 3 principais colunas que servem de alicerce a toda pedagogia moderna, inclusive a dos países nórdicos europeus tão elogiados e campeões máximos em estudos mundiais sobre educação.

Estas 3 colunas são:

  • A criança é o centro da pedagogia

  • O professor é um acompanhador no processo de aprendizado

  • O meio preparado

O método está para servir a criança no que ela precisa. A criança é o centro. Ela mostra o caminho a ser seguido no seu processo individual de aprendizado. A criança aprende ouvindo a sua motivação interior, incentivada e ajudada pelo meio preparado e apoiada pelo professor.

O papel do professor é de acompanhante no processo de aprendizado da criança. Ele ajuda, mostra caminhos, incentiva. O professor é um observador profundo, constante e ativo. Ativo pois ele observa e usa imediatamente suas observações para pensar em meios para apoiar cada criança. O ambiente preparado é a sua principal ferramenta.

Não há aulas frontais onde o professor diz a todos o que deve ser aprendido no dia. Onde o professor dita como deve ser aprendido. Onde todos aprendem um tema ao mesmo tempo.

Os passos não são iguais pois as pessoas não são iguais.

Cada criança segue seu  tempo e constrói seu próprio caminho. Pois a criança só aprende ao máximo, se houver uma motivação própria, que venha de si mesma.

 O meio preparado pode inspirar a criança  e/ou apenas oferecer os meios para que a criança aprenda o que sente necessidade no momento. O meio preparado oferece realização, concretização e inspiração para o aprendizado.

montessori-macedonia
Método Montessori na Macedônia

Na prática:

A criança entra em sala de aula onde muitos materiais dos mais diversos temas estão expostos em prateleiras de livre acesso. Cada criança escolhe com o que quer trabalhar de acordo com sua inspiração, impulso, vontade de aprender. A criança é livre para trabalhar só ou em grupo. O professor observa, anota, pensa em meios para ajudar e oferece sua ajuda direta individualmente ou para os pequenos grupos formados.

Claro que estes princípios só são viáveis no dia a dia se interligados com outros princípios como: liberdade com responsabilidade e disciplina, a união entre comunidade e escola e uma educação para a paz, com a conscientização de que o homem faz parte da natureza.

Simone Clemens, pedagoga montessoriana pela associação Montessori de Aachen /Alemanha – filiada à AMI Associação Internacional Montessori e especialista em superdotação na infância e adolescência pela IFLW/Alemanha.

 

Nós usamos Cookies para garantir que você tenha uma ótima experiência no nosso site. Caso você continuar usando este site, nós partimos do princípio que você está de acordo com isso.  Saiba mais