A arte da observação

Aprender a observar

Quem já me acompanha há algum tempo sabe que além de outros ainda dou algumas aulas de piano/música para crianças. Há 2 semanas tenho a pequena Ana de 7 anos.

Uma garotinha de tez bastante branca, cabelos escuros, sardas na pele e com uma beleza um tanto exótica. Pareceu-se bastante delicada: sua forma de caminhar, de sentar-se. Completamente diferente de sua irmã, que veio acompanhá-la até a porta – à primeira vista diria que são como água e fogo.

Ana só conhece aulas de máscara na escola e com classe reduzida. Sua professora também praticamente só aparece de máscara…penso que a pandemia deixa algumas marcas, pelo menos por um tempo. Mas parece que esse fato não tem intimidado Ana, pois a pequena quis ter sua primeira aula comigo, dentro da sala sozinha, sem a presença do pai. A aula de piano é individual.

Normalmente crianças dessa faixa etária, preferem a presença de um dos pais durante a aula por um período de tempo até que se sintam mais à vontade com a professora desconhecida…pelo menos por 1 mês (1 aula por semana). Mas pronto (como dizem os portugueses), Ana esteve na sua primeira aula, sem o menor sinal de constrangimento por estar só (sem os pais). Um pouco tímida sim, mas não medrosa. Primeira observação e constatação: a menininha é destemida 🙂 Delicada e forte.

Ana sentou-se ao piano e prestou atenção ao que eu lhe explicava, fazia suas tentativas com motivação e pensava uns segundinhos a mais a concretizar cada atividade (isso diz minha experiência de 30 anos como professora de música). Segunda observação: Ana necessita fazer tudo bem, tende a ser perfeccionista. Prefere levar mais tempo e fazer bem sua tarefa do que rápido e mais ou menos.

Segunda aula. Ana traz sua tarefa de casa feita, sua delicadeza permanece, sua forma de falar é suave, mas definida. Em uma atividade em bater palmas alto e baixinho, o baixinho de Ana era realmente bastante baixo, quase mudo…que gracinha. Daí podemos observar o grau de percepção auditiva da criança e como ela percebe esse mundo à sua volta. O que é “alto” para uma criança? O que é “baixo”? Qual a diferença entre um som alto e um som baixo para aquela criança?

Ana se mostra calma, ao desenhar traços, o faz com cuidado, mas firme. Bonito e correto tinha de ficar… Penso

“Ana ainda não percebeu como se faz os traços cruzados nos lugares corretos”, me corrijo imediatamente: “Ana não percebeu? Não…Você profa. Simone ainda não lhe mostrou de forma clara o suficiente para que ela os percebesse!”

Neste momento sinto orgulho de mim mesma. Não corrigi os erros de Ana desta primeira vez. Afinal, eu é que tenho de lhe explicar com mais clareza para que ela possa perceber. Esteticamente os traços estavam muito bem feitos 🙂

A observação da criança e a autocrítica do adulto tem sempre de caminhar juntos.

Com uma conversa com o pai, ouvi que Ana é muito calma, mas teimosa (o que eu suponho determinada ao invés de teimosa). Que para ela é importante fazer tudo corretamente, por isso gasta às vezes muito tempo nas tentativas. Em outras palavras o pai me descreve uma criança com tendências perfeccionistas. Ao continuar o pai conta também que há um certo conflito com a irmã por terem personalidades muito diferentes: a irmã é agitada, barulhenta e mais objetiva nas suas escolhas e ações.

Como pode-se observar em tão pouco tempo: 2 aulas de poucos minutos…o que é esse poder de observação?

Resumidamente eu diria que para um alto poder de observação é importante ter gosto pelo seu trabalho e consciência do que isso significa, para além de que quanto mais experiência, melhor o poder de análise.

Esse poder de análise, esse gosto por conhecer quem é este seu aluno, essa criança que lhe está sendo confiada, é importantíssimo. Ele é decisivo para o sucesso do seu trabalho como profissional, para sua percepção como pais e para o desenvolvimento e bem estar da criança e de todos.

Nós usamos Cookies para garantir que você tenha uma ótima experiência no nosso site. Caso você continuar usando este site, nós partimos do princípio que você está de acordo com isso.  Saiba mais